A produção de conhecimento científico em Sergipe: quantidade e qualidade

Investir em CT&I significa diminuir desigualdades, melhorar processos e produtos, aperfeiçoar relações sociais, usar e controlar de forma mais eficiente e sustentável os recursos, entender e intervir de forma mais adequada nos conflitos. Com essa perspectiva, apresentamos um panorama da produção de conhecimento científico em Sergipe: quantidade e qualidade (Marcus Eugenio Oliveira Lima, Raquel Meister Ko. Freitag & Diego Menezes).

Acesse:

http://saense.com.br/2018/06/a-producao-de-conhecimento-cientifico-em-sergipe-quantidade-e-qualidade/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *